Beam Of Prism
2022 • K-POP/POP • BIG PLANET MADE
POR MATHEUS JOSÉ; 23 de FEVEREIRO DE 2022
7.3

Após alguns eventos tristes no K-pop envolvendo problemas de saúde, uma série de regulamentações foram criadas para proteger os artistas da exaustiva carreira de idols. Uma delas é a duração do contrato entre os grupos e solistas com determinada empresa. Entretanto, esse tempo, de aproximadamente 6 anos, sofre variações através de acordos nos quais envolvem-se as duas partes. Por isso, muitas vezes, quando um grupo chega ao fim antes do período habitual, os fãs e o público em geral, acabam levando um verdadeiro choque, como aconteceu quando GFRIEND, de uma forma bastante inesperada, anunciou o disband.

Porém, nem tudo estava perdido — pelo menos não para as integrantes SinB, Umji e Eunha —, uma vez que são elas as ex-GFRIEND que tiveram oportunidade de re-debutar, serem inseridas na indústria novamente, algo muito raro de ser feito no K-pop, devido à linha de montagem de celebridades que esse mercado se tornou, e que, certamente, ninguém esperava. Então, o novo projeto, com uma nova formação, chegou como uma verdadeira surpresa para todos.

A faixa-título, “BOP BOP!”, dispensa apresentações. Além de conter os melhores elementos de uma canção que é certamente viciante, nela, encontramos alguns toques assertivos na produção que, apesar de não se arriscar, ainda assim consegue entregar um resultado bastante satisfatório. Como, por exemplo, o efeito vocal invertido usado nos primeiros segundos da música e que, obviamente, chama atenção por conter uma introdução bastante interessante. Na sequência de principais destaques, “Lemonade”, é sem dúvidas, uma peça chave no mini-álbum. Com uma base firmada no synth-pop oitentista, a faixa não precisa se apoiar em outros adereços para alcançar um ponto de elevação surpreendente dentro dos seus três minutos e quarenta e três segundos. Já “Look You Like”, é a responsável por diminuir o ritmo, e o mais incrível de tudo, é que isso acontece sem que toda estrutura construída até então seja quebrada. “Vamos olhar um para o outro e sonhar novamente”, cantam elas nessa linda e apaixonante canção.

Na simplicidade de um projeto que não precisa de muito para ser tão extasiante e, por vezes, reconfortante, as meninas do VIVIZ provam que, apesar das barreiras, elas, assim como ninguém, são capazes de fazer algo extremamente interessante. E mesmo que em vários momentos o disco reconstrua uma atmosfera diretamente ligada ao GFRIEND, a nostalgia e as boas lembranças acabam tornando tudo ainda mais especial. Beam Of Prism é uma instigante obra pós-disband e re-debut.