SOUNDX

still-life

• Independente

• 2024

5.4

As ideias propostas por Data em still-life perdem seu entusiasmo logo nos primeiros instantes.

still-life

• Independente

• 2024

5.4

As ideias propostas por Data em still-life perdem seu entusiasmo logo nos primeiros instantes.

PUBLICADO EM: 16/01/2024

PUBLICADO EM: 16/01/2024

Sob a alcunha de twikipedia, Delta — nome pelo qual é mais conhecido o produtor brasileiro — iniciou o ano novo lançando o still-life, um modesto EP de somente sete faixas. O jovem músico de 19 anos marcou presença em diversos lançamentos no meio underground, colaborando com um número considerável de artistas da cena hyperpop, como ericdoa, angelus, SEBii, entre outros e até fazendo um cover de “i don’t want so many friends in the first place” do quinn, um rapper do hip-hop experimental bastante respeitado. Agora, com este último lançamento, ele expandiu seus horizontes musicais e ousou na criação de canções diferentes do seu habitual.

Delta diz que sua música não pode ser categorizada em apenas um gênero musical. Ele comumente experimenta novas sonoridades. Em seu primeiro álbum auto-intitulado, arriscou-se no rap e trap em die, seu segundo LP, explorou o hyperpop e digicore, e no terceiro e último que lançou, seguiu uma adjacência do rap, resultando em seu trabalho mais aclamado até então, chronic. No entanto, pelo o que pude observar, still-life foi o passo mais fora da curva que já deu, baseando-se nas guitarras, batidas e acordes agradáveis do indie pop e folk.

Apesar de admirar sua ousadia em seguir para um caminho tão diferente do habitual, não posso dizer que aprecio tanto o conteúdo de still-life. As ideias propostas perdem entusiasmo logo nos primeiros instantes, sendo repetidas ininterruptamente ao longo de toda a trajetória. O projeto rapidamente se torna obsoleto, não deixando uma marca forte o suficiente para ser memorável. A única qualidade do projeto que poderia conquistar um pouco do apelo de seu público são as sensações boas que sua instrumentação calmante transmite, proporcionando um bom divertimento para ajudar o tempo a passar mais rápido. 

Apesar de tudo, acredito que o lançamento de still-life tenha sido significativo para a discografia de Delta, pois expandiu mais a sua sonoridade, o que pode resultar em trabalhos mais ricos e diversificados sendo lançados no futuro. Espero apenas que na próxima vez, ele não se prenda tanto às mesmas ideias.

MAIS CRÍTICAS PARA

plugins premium WordPress