SOUNDX

Imagem/divulgação: T4F

ROSALÍA - MOTOMAMI Tour (Live) Lollapalooza Brasil 2023

4.5/5
Em apresentação histórica, ROSALÍA encerra o Lollapalooza como principal atração do festival e mostra que Drake não fez falta alguma.
POR Matheus José
março 28, 2023

No último domingo (26), a cantora espanhola ROSALÍA, conhecida mundialmente por seus diversos sucessos que misturam pop com música flamenca, foi a principal atração do último dia do festival Lollapalooza Brasil, no autódromo de Interlagos.

A artista subiu ao palco sem saber que, talvez, faria história ali. Para um público de 100 mil pessoas, sua maior plateia até hoje, ROSALÍA cantou faixas de seu último álbum de estúdio, MOTOMAMI, lançado no ano passado.

Transmissão

Uma das coisas mais marcantes da apresentação é a forma com que o show é transmitido. São ângulos tortuosos, filmagens desconcertadas, cortes bruscos e um certo amadorismo que acaba dando sentido à ideia da artista de transportar o público da plateia para o palco.

A direção artística, nesse sentido, cumpriu sua tarefa. O espetáculo de luz e som, alinhado ao balé, são elementos ainda mais incríveis para uma performance tão marcante e, puramente, inovadora.

ROSALÍA se distancia de qualquer outra atração do Lollapalooza, ela soube trazer sua turnê — que viralizou nas redes sociais pelo incrível clima e contato com os fãs — para um momento que poderia ser um completo fiasco.

Com o cancelamento no último minuto da apresentação de Drake, rapper canadense, ROSALÍA teve que fazer daquele momento tão esperado uma verdadeira demonstração de força. E ela fez isso, não é à toa que ninguém sentiu falta de Drake. Pelo contrário, todo o público parecia cantar cada letra de MOTOMAMI em um só refrão surreal o tempo todo.

Setlist

Além dos momentos marcantes, a live de ROSALÍA no Lollapalooza Brasil 2023 trouxe de uma maneira dinâmica algumas passagens que reafirmam sua posição como diva pop alternativa. Faixas como “SAOKO”, que fez uma abertura emocionante, e “DIABLO”, cantada entre flashes, sons distorcidos e uma cadeira de barbeiro posicionada no centro do palco, demarcam o calibre do artista que ali se apresenta.

Em seguida, a transição de “DIABLO” para “DESPECHÁ”, com o público em polvorosa com as melodias e os refrões contagiantes, é grande responsável por potencializar ainda mais aquela demonstração única de diversão e experiência — ROSALÍA passeia pelo espaço, canta com os fãs e até se emociona na frente da multidão assistindo sua grandiosa atração.

Carismática demais, ela arriscou várias vezes o português, conseguiu transmitir importantes mensagens de carinho e fez de cada segundo de interação um elo direto com o público. “Amo baile funk, amo bossa nova, amo o Brasil”, diz emocionada.

Conclusão 

Perto do final do show, ROSALÍA canta a música “CANDY” em cima do piano, acompanhada pelos fãs. No setlist, ainda sobrou espaço para tocar o remix de “Blinding Lights”, de The Weeknd, e “BESO”, música do recente projeto colaborativo entre ela e seu noivo Rauw Alejandro.

Por fim, “CHICKEN TERIYAKI”, com a dança viral no TikTok, e “CUUUUuuuuuute”, marcada por uma bateria de escola de samba, encerram de vez o show histórico de ROSALÍA. Emocionante e adequadamente satisfatória, ela deu tudo de si em uma das melhores apresentações de todos os tempos do festival.

Mais textos para

O EP RR é uma grande demonstração de amor do casal Rosalía e Rauw Alejandro, um belo e singelo projeto que trouxe ao público a intimidade do casal.
plugins premium WordPress