SOUNDX

Deeper Well

2024 •

Interscope

6.7
Deeper Well tem seus destaques, porém a linearidade cansativa do álbum torna este o trabalho mais esquecível da cantora.
deeper well

Deeper Well

2024 •

Interscope

6.7
Deeper Well tem seus destaques, porém a linearidade cansativa do álbum torna este o trabalho mais esquecível da cantora.
25/03/2024

Em Star-Crossed, de 2021, Kacey Musgraves discorria sobre seu recente divórcio com Ruston Kelly.  3 anos depois, a artista se mostra em um novo momento de sua vida. Superado o término com seu ex-marido, ela parece ter entrado em um estado de bem estar próprio muito forte. Ela expõe a fase que está vivendo atualmente junto com um som acústico doce, que combina perfeitamente com o que ela busca transmitir ao ouvinte.

As letras são as melhores qualidades do projeto. A partir de uma lírica formidável, Kacey consegue trazer apaixonantemente a sensação de tranquilidade que ela está vivenciando para o disco. Na faixa-título, uma das melhores canções nesse aspecto, ela canta: “So I’m gettin’ rid of the habits that I feel / Are real good at wastin’ my time / No regrets, baby, I just think that maybe / It’s natural when things lose their shine / So other things can glow I’ve gotten older now, I know / How to take care of myself / I found a deeper well”. Momentos como esse tem êxito em captar muito bem o sentimento de bem-estar profundo que ela mostra ter encontrado. “Lonely Millionaire” também é um destaque nesse quesito. Na canção a artista reflete sobre como você pode ter muito dinheiro mas ainda assim ser solitário e, por isso, triste. Ela aqui mostra muito bem que a sua prioridade neste momento não é ganhar muito dinheiro, mas sim, aproveitar a vida com pessoas que ama.

A parte sonora também apresenta seus destaques. À princípio, a instrumentação acústica soa muito apaixonante. “Cardinal” inicia o projeto com um soft rock encantador. Ao passo que a produção traz guitarras doces e baterias com ritmo divertido, as melodias vocais dos versos são cativantes e o refrão soa muito amável. A faixa seguinte, “Deeper Well”, usa do violão folk alinhados à toques de new age de maneira a criar uma atmosfera muito aconchegante, da mesma forma, a performance suave da artista contribui bastante para essa característica. O problema é que, ao decorrer do registro, ele se torna cansativo. Isso se dá pois a sonoridade folk, embora adorável, é muito similar entre as faixas, e em certo ponto, o ouvinte começa a se sentir ouvindo a mesma música em looping.

É por isso que momentos como “Jade Green” e “Lonely Millionaire” são essenciais para a obra. Eles trazem algo de refrescante ao disco em meio a diversas faixas muito similares. A primeira traz nas cordas uma aura misteriosa fenomenal que não é apresentada em nenhuma outra música do registro igual aqui. Já “Lonely Millionaire” cria uma atmosfera hipnotizante a partir das baterias de trip-hop e guitarras sombrias. Deeper Well tem seus destaques, porém a linearidade cansativa do álbum, torna este o trabalho mais esquecível da cantora.

Esse e qualquer outro texto publicado em nosso site tem os direitos autorais reservados. 

FIQUE ATUALIZADO COM NOSSAS PUBLICAções

Assine nossa newsletter e receba nossas novas publicações em seu e-mail.

MAIS DE

Em star-crossed, Kacey quer soar acessível o tempo todo, mas para um disco cuja proposta é relatar o término de um relacionamento, tudo aqui flui de forma enfadonha e, na maioria das vezes, densa demais.
plugins premium WordPress