“Good Ones”
2021 • POP • ATLANTIC
POR KAIQUE VELOSO; 03 de SETEMBRO de 2021

Avaliação: 5 de 5.
MELHOR LANÇAMENTO

Charli está de volta. Seu novo single, o qual tem sido antecipado por ela há meses, chegou e, juntamente a ele, toda a maldade e a atitude de uma grande popstar. O que pode parecer uma surpresa é o time por trás do trabalho, pois, ao contrário dos últimos projetos, em que colaboradores da PC MUSIC eram responsáveis pela produção e mixagem dos álbuns, desta vez não é A.G. Cook quem assina o instrumental de “Good Ones”. Aliás, Aitchison tem investido nessa narrativa para a promoção do sucessor do how I’m feeling now: a antiga Charli, femmebot e grande nome do hyperpop, morreu. Esta é mais uma de suas grandes transformações, entre as quais a passagem de Tumblr girl (em True Romance) para roqueira (em Sucker), e a de cantora amigável às rádios (com Boom Clap) para visionária e futurista (em Vroom Vroom e subsequentes), agora ela se consagra patroa inabalável e dona destemida da indústria pop.

Se, em how I’m feeling now, Charli XCX estava em casa presa com seu namorado e com suas reflexões emotivas sobre si e seu longevo relacionamento; “Good Ones” é, portanto, a janela que se abre e mostra o mundo exterior de volta e, com ele, a iminência do novo álbum da indomável criadora. E, ao que parece, do lado de fora, é escuro, sombrio, perigoso, fúnebre e, felizmente, excitante.